Lei do espelho

No espelho


Encaro mas não me vejo


O que vejo não aceito


Se invejo é meu próprio lampejo


Quando sorrio me deleito
mas é só sair da frente do espelho
que a imagem ejeto e esqueço


Até me encontrar num olhar
Quando aceito
A vida é um eterno espelhar


Na psicologia a lei do espelho refere-se as projeções e deslocamentos. É o outro como alvo, é a pessoa que nos mostra o nosso inconsciente que torna-se consciente.

Lei do Espelho

1)Tudo o que me incomoda no outro está dentro de mim

2) Se aceito a crítica é que está reprimindo em mim

3)Tudo o que gosto no outro vive em mim sem eu perceber

4) Tudo o que o outro diz, se não me afeta, pertence a ele, devolva ao portador.


Espelho e CorpoParece simples enxergar os fatos assim, mas na prática é diferente, é um exercício que demanda muita vigília e auto percepção. Essa semana num bate papo estávamos conversando sobre o espelho, do espelho físico. Comentamos como é difícil para algumas pessoas se olhar no espelho e falar para si mesma “eu te amo, te respeito, faço de tudo para ser feliz“, ou mesmo encarar seus defeitos e qualidades: as primeiras rugas, aquele charme pessoal e intransferível. Já para outros acontecem o contrário, ficam escravos da imagem…

Espelho e MenteEntão, lembrei de um exercício de imaginação ativa que fiz com um terapeuta recentemente onde primeiro você tinha que se colocar na posição de uma pessoa que você gosta muito, depois na de uma que lhe é indiferente, então, na posição de uma pessoa que você não gosta, de um desafeto. Quando você sai de si, consegue enxergar por outros ângulos e descobre a lei do espelho. Tudo o que meu desafeto me fez, que na época critiquei, julguei, esbravejei, vim a praticar anos depois… A síntese foi: Somos um! Nem melhor, nem pior, humanos aprendendo a humanizar na constante evolução do Ser.

Espelho e Espírito– Faço parte de um curso sobre o espiritismo aqui em Frankfurt, certa vez ouvi que se fôssemos bons como pensamos teríamos asas e não estaríamos num planeta de provas e expiações. Segundo essa doutrina, as provas são quando você está sendo testado, as expiações são quando você tem débitos de outras vidas para purificar. Para eles o espelhamento acontece não só com o que ocorre no mundo visto e a vida não começa no nascimento e nem termina com a morte. Nossos reflexos vão mais e além, e a força que recebemos de nossos antepassados são mais presentes e fortes do que imaginamos através de nossas crenças, hábitos, comportamentos e fidelidade cega.

Em resumo, sempre estamos vendo e sendo vistos, às vezes com a imagem distorcida, às vezes numa moldura super valorizada, às vezes nos reconhecendo, noutras nos esquecendo e ainda nos desconhecendo. Há muitos caminhos para as imagens, o que permanece é a essência. Agradecemos aos espelhos! Lembrando que no dito popular que diz que quebrar espelho é azar, imagine quebrar nossos reflexos e reflexões.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s