Onde estão as flores?

Diga-me onde estão as flores, para
onde foram?
Diga-me onde estão as flores,
o que aconteceu?
Diga-me onde estão as flores,
as meninas as colheram rapidamente
quando você vai entender,
quando você vai entender?

Diga-me onde estão as garotas,
para onde elas foram?
me diga onde estão as meninas,
o que aconteceu?
Diga-me onde estão as garotas, os
homens as levaram rápido
quando você vai entender?
Quando vamos entender?

Diga-me onde estão os homens Para
onde eles foram?
Diga-me onde estão os homens,
o que aconteceu?
Diga-me onde estão os homens,
se foram, a guerra começa,
quando ela será compreendida?
Quando vamos entender?

Diga-me onde estão os soldados,
para onde foram?
Diga onde estão os soldados,
o que aconteceu?
Diga-me onde estão os soldados,
o vento sopra sobre as trincheiras
quando vamos entender?
Quando vamos entender?

Diga-me onde estão os túmulos,
para onde foram?
Diga-me onde estão os túmulos,
o que aconteceu?
Diga-me onde estão os túmulos,
flores sopram no vento de verão
Quando vamos entender?
Quando vamos entender?

Diga-me onde estão as flores,
para onde foram?
me diga onde estão as flores,
o que aconteceu?
Diga-me onde estão as flores,
garotas as colheram rapidamente
quando você vai entender?
Quando vamos entender?

Tradução Alemão/Português por Songtexte


Marie Magdalene Dietrich Madalene deu a si mesma seu nome Marlene quando tinha cerca de onze anos. Nascida em Berlin em 1901, aos 36 anos torna-se cidadã estaduniense. A atriz e cantora Marlene Dietrich morreu em Paris em 1992 após um longo vício em álcool e pílulas, ela não saia de seu apartamento por onze anos antes de sua morte.


Diga-me onde estão as flores” é uma canção anti-guerra escrita em 1955, a qual ficou internacionalmente conhecida em 1962, na voz da cantora alemã Marlene Dietrich.

Flores, meninas, mulheres, homens, soldados, guerras…

Quando os psicoterapeutas dizem: “o que não se resolve se repete”, querem dizer que não adianta mudar de cenário se mantemos os mesmos hábitos, querem dizer que nada vai se transformar se cultivarmos os antigos pensamentos e comportamentos.

Ou você muda ou tudo se repete, isso vale para que pessoas e nações tenham noção de suas ações e de como isso impacta no todo, isso vale para a história pessoal e mundial.

O único eVento que não se repete é o dia que já passou

O que lerão de nós daqui cem anos?

3 comentários

  1. Os ciclos da vida se repetem e não entendemos as experiências que nos deixam. Nunca haverá uma guerra que seja “boa”. Eles sempre deixarão uma sequela de morte, desolação e dor. Como na canção: Onde estão as sepulturas?. Marlene tinha uma voz maravilhosa além de ser uma ótima atriz. E essa música em particular nos diz como viver uma guerra. Um grande sucesso de sua parte na escolha desta música. Um grande abraço

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s