Rótulos

Fique atento

Há quem vá

Querer te passar por louca

Para tentarem provar

Que são santos e sãos

Em tempo

Sopram os ventos

Nas amostras grátis

Da difamação

Amostrar os reais intentos

De cada coração

Saltam os monstros

Por detrás dos panos

Enganos e a sombra ação

Não se assuste

Só mesmo quem assume

Suas vulnerabilidades

Quem batalha na busca de se conhecer em verdades

Para fazer valer a sua melhor versão

Pode falar de sua própria

Depressão.


Esse poema vai para todos aqueles que foram rotulados e tiveram seus valores questionados por um dia terem depressão. Não se envergonhe por ser quem você é, por acolher a parte doída de sua humanidade. Ainda que em muitos lugares do mundo não estejam preparados para acolher sensibilidades, saibam que se você está aqui e agora, se o seu coração pulsa e o ar te sustenta a vida, é porque você é muito importante para a evolução da Terra. A sua parte só você pode fazer. A sua individualidade é sagrada, não permita que ninguém te prove o contrário, seja lótus não rótulos.

Dica de série/livro

A escritora Brené Brown faz um belo trabalho para mostrar a importância de aceitarmos nossa vulnerabilidade. Para quem tem a Netflix há uma palestra dela por lá; um dos seus livros mais famosos é “A coragem de ser imperfeitoque pode facilmente ser encontrado no formato de audiolivro no YouTube, bem como, esse TEDxTalk visto por milhões de pessoas, o qual a tornou mundialmente conhecida desde 2010.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s