Tantas portas

Toda porta pode ser um portal!

Pense nas inúmeras vezes que você falou com uma pessoa e foi a mesma coisa que se estivesse falando com uma porta.

Pois então, esteja certa de que alguém estava te ouvindo, nenhuma palavra é em vão, somos uma porção de energias que dão seus toques-toques em todo momento.

Uns se tocam, outros nos tocam, e assim vamos atravessando os portais interdimensionais aos quais somos convidados para entrar ou sair.

O maior deles, cujo nome é vida nos convida à portabilidade do Ser que é ser lugar de passagem, de proteção, de recebimento das visitas que serão irrestritas enquanto houver paredes.

Até deixarmos de ser portadores, nos importamos com nossos pares e nos portarmos como uno, puro e infinito ser que é capaz de se transpor.


O tema porta tem me batido desde o último mês. Começou com a frase do Buda.

Despois com o sentido da porta. Quem não tentou abrir no sentido contrário?

Agora, nesse corredor tocou: “numa porta aberta se entra, numa porta fechada um antro. O mundo bate do outro lado da minha porta“. Com licença poética acrescento: o mundo toca a campainha cada vez mais alta.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s