A lua e o tempo

A lua

A lua vive em mim

Eu vivo no mundo da lua

Contei mais aviões no céu hoje

Do que estrelas

Os carneirinhos foram dormir

A noite está linda!

Com suas nuvens carregadas

O dia foi extremamente quente

Eu era inimiga da chuva na juventude

As gotas me impediam a noitada

Agora peço que a tempestade deságue

E desarme os trovões

Quero relampejar

Com Santa Bárbara

Sexta-feira às 3h36m

A lua estará cheia

Desde já

Estou por uma gota

Na Terra

Que à todos absorve

Enquanto observo

O tormento e o acalento

Do tempo.

5 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s