Temperos

O tempero

É a gente que faz

Com o calor e o movimento

Das próprias mãos

Com o detalhe no olhar

Para imaginar as fatias

Com a experiência

Da vó, da mãe e da tia

O tempero

É feito para o paladar

Derrama nutrientes

Nas células

Convida os queridos

Para a roda e a prosa

Na mesa

Os homens são feitos

De temperamentos

E temperos

Bom apetite!

☆☆☆☆☆☆☆

Essa semana ‘encovidada’ e sozinha praticamente não cozinhei. Hoje me bateu a vontade de ‘por a barriga no fogão’,  o prato foi legumes ao molho de maracujá com curry, leite de coco, pimenta jalapeno, gengibre,  acompanhado por arroz branco e feijão preto. A imunidade agradece, e eu também por comer, por cozinhar, pelos alimentos e pelo tempero de cada dia que nos põe em pé.

E você? Qual o seu agradecimento?

9 comentários

  1. Morei lá por um tempo, meu filho nasceu lá, eu sou do interior de São Paulo. Eu gostava do Barreado também, principalmente de descer a serra em Morretes um dos melhores lugares para comer esse prato típico. Hoje não como mais há uns três anos.

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s