Viver é dedicação

Você é importante simplesmente por existir. Alguém confia em você e mantém as batidas do seu coração, essas mesmas que bombeiam seu sangue até o delimitar da pele.

A sua diferença é justamente sua presença e nada mais. Imagine se você não existisse, ninguém mais transmitiria sua energia porque é peculiar com suas dores, amores, imperfeições e sonhos.

Entende agora o que é a morte?
É a falta de ser. Tudo o que não se faz presente está morto. Isso quer dizer que há mortos vivos e vivos mortos.

Ser presente no presente demanda empenho. Empenho é dedicação. Viver é dedicação. Ao que você se dedica?

Empenho é diferente de desempenho. Desempenho é a régua da conquista: o que medimos, como interpretamos e as maneiras de ação. O fazer é importante também, todavia, não abarca todo o viver.

Ontem eu nasci do ventre da minha mãe, amanhã não sei se estarei aqui escrevendo meus pensamentos, depois vai lá saber o que ou quem vai me eternizar (se é que me manterão viva).

De tudo o que aprendi é dedique-se ao que lhe foi entregue, no pouco ou no muito, essa é a melhor resposta que podemos dar ao dom da vida, com tudo o que ela nós traz, crescemos!

Então, quando lhe forem dadas as conquistas, saiba ser presente para saborear cada minúcia, bem como, lembre-se de eternizar quem você ama.

A vida nos chama sempre!


Leia também

Pra você tiro o meu chapéu

Filosofia do Café – sobre a vida e a morte

Siga-me no Instagram

8 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s