Pedras na areia

O poeta Drummond disse que havia uma pedra no meio do caminho

O mestre Jesus que não ficaria pedra sobre pedra

Hoje tropeçamos

Amanhã atravessaremos

O corpo

Sobre os restos mortais

Terá uma pedra

Lápides seguram ossos

Sonhos são imortais

Lastros deixam rastros

Ancestrais

Pedras são essenciais para a construção

Mas até elas desfarelam

Com a ação do vento

Assim diz no Dicionário Poubel

Pedra: uma assinatura do tempo.


Essa poesia foi inspirada através dessa frase do @dic.poubel um perfil bem interessante para seguir no Instagram.

3 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s