A cor do sorrir

Cor
O cordão
Do coração
Na coragem
De amar

Sorrir
É colorir
Com todo o corpo
Do colo ir e vir
Com templo presente

Vida
Quem duvida dessa vacina
Vacila na sanidade
Entre idas e vindas
Ao encontro da santa idade

A cor do sorrir é a vida
O resto é ausência.


Me diga você já encontrou a santa idade? Pode ser a santidade também, acho que elas andam juntas. Estamos aqui na Terra para nos aprimorarmos como pessoas, cada um que encontra e entrega o melhor de si, ainda que seja aos poucos, a vida agradece, a natureza se favorece, a alma enaltece.

Bem, eu ainda não a encontrei, mas estou à caminho, só acha quem procura. Hoje na meia-idade tenho mais autoconhecimento e me esforço para a melhoria contínua. Não é fácil, mas é possível.

Vocês já ouviram falar que não existe escuridão e sim ausência de luz? Pois, então, eu reforço esse ditado com “a cor do sorrir é a vida, o resto é ausência.”

Ausência de paz, de amor e de sapiência.

2 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s