Cemitério

Os cemitérios na Alemanha são belos, lugares bem cuidados com muita natureza e preservação. Poucos túmulos são encontrados lá, geralmente as pessoas são enterradas de baixo de árvores e há uma pequena lápide com nome e datas.

Uma das fotos nos sinaliza alguém que acabou de partir, pois, seu entorno está coberto por flores. Noutra vemos um coração solitário, e ainda há aqueles que estão em conjunto, certamente soldados de guerra ou algo do tipo.

Uma volta nos cemitérios dizem muito da cidade, do país e até de nossas próprias memórias. No Brasil, distinguimos a classe social até pelos túmulos,  os mais abastados têm monumentos erguidos acima da terra com mármore ou granito, depois vêm as lápides de azulejos e a vala comum.

No cemitério principal de Frankfurt – Hauptfriedhof – encontramos mais construções de túmulos, mas, nem se compara em termos de quantidade com os brasileiros. Lá ficam os restos mortais de notáveis como dos filósofos Arthur Schopenhauer e Theodor Adorno.

Quando nascemos e é cortado o cordão umbilical, passamos por um portal. Não sabemos o que há de ser. Quando morremos também. Quando crescemos esquecemos do período do nosso nascimento. Morremos e também levamos a expectativa do que há de ser.

A vida e seus mistérios! Tudo é experiência, ciência e fé.

Tem gente que tem pavor, vão aos cemitérios só quando é estritamente necessário. Eu não, pelo contrário, para mim cemitérios são só lugares de passagem. A morte não é o fim.

Tenho histórias e histórias sobre cemitério, morte e luto aqui no blogue, pois, quando criança eu era vizinha de um.

Pesquise por: Ossatura, Ser Original, Flores nos Túmulos, Nuances e Consonância, o Luto e a Borboleta, a Morte e a Sorte, Entre as Feridas e a Eternidade, Vozes, e tantos outros.

A ideia aqui é encarar a realidade com mais poesia porque de pesado já basta a lida. Então, vamos ler e espairecer, identificar e até mesmo aliviar nossas dores… com muita arte.

6 comentários

  1. Esses cemitérios ” minimais” são lugares belos e que transmitem grande tranquilidade porque a natureza tem a primazia. São uma espécie de passagem leve para um outro lugar…
    Também aqui em Portugal na grande maioria dos cemitérios a natureza é minima e foi substituida por pedra e mais pedra, mausoleus, etc, etc. Por vezes um pesadelo. E autênticas “prisões para a alma”!

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s