No presente

Sim, eu vou sorrir,

Mais um dia

Foi me dado

Desde a criação

Dos meus ossos

Nas epifanias

Nos desgostos

Tecida de água

Sangue e Terra

Essa mesma

Que sustenta pés e sonhos

Que segura o ar e as montanhas

Nas entranhas do bem querer

Me concebo

Aos 45

Do segundo tempo

Entretecida

De lua sou

Essa mesma

Que ilumina

O espelho do rio

De tempos em tempos

Sol

Anunciou

Bem-vinda

E eu

Aceitei

Estou aqui

No presente.


Os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado,
e entretecido como nas profundezas da terra” Salmos 139:15


Eu não conhecia essa música “Motivo – Eu Canto“, composição de Fagner e Cecília Meireles, lançada em 1978, quando eu tinha um ano. Porém, felizmente a recebi nessa semana por uma pessoa querida, à quem envio gratidão por me inspirar e ensinar sobre cantos e poesias.

5 comentários

  1. Tudo bem, Cris! Estava focada em organizar e escrever meu primeiro livro (por enquanto apenas digital) e tem me tomado bastante tempo. Agora estou tentando voltar a acompanhar meus blogs preferidos! Espero que esteja tudo em paz por aí. Um beijo 🌷

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s