Beba da beleza

O ar é o que toca o homem

Respire

O futuro agarra as nossas mãos

Inspire

Embora não pareça

A dor vai passar

Ninguém impede o sol

A brilhar

Nada é melhor do que a água

Beba da beleza

Lembra se puder

Somos todos irmãos da lua

Moramos no mesmo ovo

A Terra é a mãe de todos

Viaje na estrada nova

Não fique parado na estação

O canto repousa na alma

Mesmo quando o mundo não presta atenção

A calma é irmã do simples

E nada o que interessa se pode guardar

De algum jeito vai passar.


Essa poesia foi feita com a mistura das letras dessas duas canções: Estrada Nova de Oswaldo Montenegro e Irmãos da Lua de Renato Teixeira. Que preciosidade essas músicas brasileiras!

Somos todos irmãos da lua
Moramos na mesma rua
Bebemos no mesmo copo
A mesma bebida crua
O caminho já não é novo
Por ele é que passa o povo
Farinha do mesmo saco
Galinha do mesmo ovo
Mas nada é melhor, que a água
A terra é a mãe de todos
O ar é que toca o homem
E o homem maneja o fogo
E o homem possui a fala
E a fala edifica o canto
E o canto repousa a alma
Da alma depende a calma
E a calma é irmã do simples
E o simples resolve tudo
Mas tudo na vida às vezes
Consiste em não se ter nada

Renato Teixeira

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s